Dicas

7 dicas essenciais para você ter uma casa mais sustentável

junho 24, 2019
casa sustentável
Tempo de leitura 3 min

Uma obra ou uma simples reforma em casa pode ser o impulso inicial que faltava para tornar sua residência sustentável. Você sabia que pensar “verde” pode fazer uma enorme diferença no seu dia a dia? Sua casa se torna mais confortável, prática e o melhor: você fica em harmonia com o meio ambiente.

As casas ecológicas ou sustentáveis são aquelas projetadas para respeitar a natureza. Elas têm como objetivo seguir os princípios da sustentabilidade ambiental e garantir o bem-estar dos moradores.

No entanto, ter uma casa sustentável requer um certo conhecimento e planejamento. O primeiro passo é conhecer algumas técnicas que trazem inovação e otimização de recursos, como a captação da chuva e o aproveitamento da energia solar.

Se você quiser conhecer essas e outras formas de tornar sua casa mais sustentável, continue acompanhando este artigo!

1. Prefira lâmpadas de baixo consumo energético

Na hora de escolher as lâmpadas, opte pelas que consomem menos energia elétrica. As fluorescentes são uma boa alternativa, porém as de LED são ainda mais econômicas e sustentáveis, contando com um baixo consumo e uma grande durabilidade.

2. Utilize itens que economizem água

A válvula de acionamento por botão é considerada a maior vilã quando se fala em economia hídrica, pois existe uma quantidade muito grande de desperdício. Prefira aquela com caixa acoplada e acionamento duplo, que pode significar uma economia de até 36 litros de água por dia.

Uma outra forma de contribuir com a natureza e economizar água é instalar torneiras com aerador (“telinhas” na saída da água). Elas dão a impressão de que há uma maior vazão, quando, na verdade, ocorre o contrário, o consumo é bem menor. Sendo assim, essa é uma das dicas mais importantes para ter uma casa sustentável.

3. Adote um sistema de captação da chuva

O sistema de captação de água da chuva permite o aproveitamento de todo esse recurso que escorre pelo telhado. Ela pode ser utilizada para lavar carros, irrigar o jardim, lavar o chão, entre outras tarefas. Já existem empresas que comercializam essas cisternas nos mais variados preços.

4. Instale placas solares no telhado

Como o sol brilha no Brasil praticamente o ano todo, aproveitar esse recurso pode significar uma grande economia de energia. A instalação de placas solares no telhado permite a captação da energia solar em substituição à elétrica. Existem várias empresas que executam o trabalho e os preços estão cada vez mais em conta.

5. Opte por um telhado verde

A técnica consiste na aplicação de uma camada de plantas sobre uma base impermeabilizada no topo de casas e edifícios. Essa medida aumenta a umidade relativa do ar, minimiza a poluição ambiental e ainda reduz o calor nos cômodos, diminuindo o uso de condicionadores de ar.

6. Aposte em janelas grandes

Quanto mais luz natural incidir na sua casa, menos necessidade de lâmpadas você terá. Por isso, se você estiver fazendo uma obra ou reformando seu imóvel, opte sempre por janelas grandes, já que elas facilitam a entrada de raios solares e evitam o desperdício de recursos.

7. Separe o lixo

Separar o lixo contribui e muito com a sustentabilidade, pois com essa ação você garante que parte dele será reciclado, reduzindo, assim, os efeitos negativos sobre o meio ambiente, além de auxiliar na renda de catadores.

Para começar, separe apenas os produtos recicláveis, como embalagens longa vida, frascos de vidro e plástico, latas e garrafas. Depois, lave-os bem e os seque antes de levá-los aos postos coletores.

Agora que você já sabe como tornar sua casa sustentável, peça a opinião de profissionais sobre essas ideias. Mas não espere muito! Adicione logo à sua residência algumas alternativas ecológicas que possam ajudar na preservação do meio ambiente e na economia de recursos!

Gostou deste post sobre sustentabilidade? Então aproveite a visita para assinar a nossa newsletter. Assim, você receberá todas as atualizações por e-mail!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário