Dicas

4 problemas na construção que você pode evitar

junho 3, 2019
problemas na construção
Tempo de leitura 3 min

Se você acredita que obra é sinônimo de dor de cabeça e transtornos, está muito enganado! Quando o projeto é bem-feito e os profissionais são qualificados, a chance de problemas na construção é mínima.

Ainda assim, o que não faltam são histórias de amigos e conhecidos sobre verdadeiros desastres ocorridos durante uma obra, que vão desde um simples atraso até despesas inesperadas que comprometem o orçamento. É claro que imprevistos acontecem, mas muitos desses contratempos podem ser evitados com um planejamento bem-feito.

Para estar preparado e enfrentar com tranquilidade os desafios de cada etapa, confira quais são os problemas mais comuns na construção e o que fazer para evitá-los!

1. Atraso na entrega de materiais

Sem material, é impossível manter o cronograma da obra, certo? Porém, atrasos e dificuldades com a logística são acontecimentos frequentes durante a construção, especialmente quando a aquisição é feita em várias lojas diferentes.

Por isso, o melhor a se fazer é agir preventivamente, elaborando um calendário de compras com datas estimadas para fazer os pedidos. Se mesmo assim houver atraso, em alguns casos é possível fazer uma compra emergencial em lojas especializadas, solicitando a entrega com urgência.

2. Transtornos com situações climáticas

Chuvas repentinas podem não apenas atrasar o andamento do trabalho, mas colocar a perder etapas já finalizadas da obra. Não é à toa que a chuva é considerada um dos maiores problemas na construção.

Como é impossível controlar o clima, a solução é acompanhar as previsões e fazer alterações no cronograma quando for necessário. Monitorar os eventos climáticos também permite adiantar etapas ou manter os insumos em local coberto, evitando prejuízo financeiro.

3. Orçamento acima do previsto

O dinheiro pode acabar no meio da obra? Esse é um dos maiores problemas na construção, e em boa parte dos casos ele é causado por falta de atenção na hora de calcular o orçamento.

Possíveis altas no preço dos materiais e despesas extras com mão de obra devem ser considerados durante a fase de planejamento, para prever com segurança o valor a ser gasto. Além disso, é fundamental incluir no cálculo um acréscimo (que pode variar entre 10 e 15%) para imprevistos.

4. Problemas legais com a documentação

Antes de começar a construção, é essencial se informar sobre todas as licenças, permissões e alvarás necessários para o andamento do trabalho. Enfrentar a burocracia pode poupar tempo e dinheiro ao longo da obra.

Para facilitar essa tarefa, é importante contar com profissionais especializados (engenheiro ou arquiteto), que já conhecem os trâmites legais e os códigos de construção a serem seguidos. Mantenha em ordem todos os registros, notas fiscais, especificações do projeto e o contrato de prestação de serviços dos funcionários, para evitar problemas com a fiscalização.

Para muitas pessoas, a obra representa um projeto importante, já que transforma em realidade o sonho da casa perfeita. Porém, os problemas na construção podem atrapalhar o cronograma e trazer dissabores e ansiedade.

Conhecer os erros mais comuns e as melhores maneiras de evitá-los é uma estratégia eficiente para passar por essa fase livre de estresses. Além disso, você estará mais preparado para lidar com as dificuldades e resolver as questões sem grandes aborrecimentos.

Quer continuar recebendo as melhores dicas sobre construção e reforma? Assine nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário